• denuncias
  • peticionamento
  • protocolo
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • autenticidade de documentos
  • lgpd
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Filme Servidao
  • Credenciamento de instituições de ensino estágio
  • Arte intranet Pra Mia
  • Jongo Linhares 8
  • Chamamento público órgaos e entidades
  • FGTS matéria
  • Novos telefones PTMs 3
  • Divulgação feed vermelho
  • WhatsApp_Image_2023-06-06_at_15.50.30.jpeg
  • Exibição e debate do Documentário "Servidão" nesta sexta (1º)
  • Aluno da Serra é premiado em concurso nacional do Ministério Público do Trabalho
  • Estágio no MPT-ES: aberto prazo para credenciamento de instituições de ensino até 5/3
  • MPT-ES adere à campanha de arrecadação de tampinhas para castração de animais
  • Projeto "A poesia do Jongo" promove inclusão e empoderamento na comunidade quilombola do Degredo
  • Chamamento público para cadastro de órgãos e entidades
  • Feira Livre de Trabalho Infantil apresenta resultados de 2023
  • Representante da Polícia Federal faz agradecimento formal ao MPT
  • Reconecta apresenta estratégias para a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho
  • Versos da Liberdade: poesia e arte transformam vidas em Linhares
  • Valores a receber: MPT-ES e Justiça do Trabalho procuram empregados ativos e dispensados do Centro de Saúde Médico para recebimento de FGTS em atraso
  • ATENÇÃO: atualização dos contatos telefônicos das Unidades do MPT no interior do Espírito Santo
  • MPT-ES tem novo canal de atendimento virtual
  • Alerta de tentativa de fraude

Reconecta: arte e inclusão se unem no segundo dia de evento

Expressões artísticas e palestras marcaram o segundo dia de Reconecta

O segundo dia do Reconecta, maior evento de inclusão e acessibilidade do Espírito Santo, foi marcado por expressões artísticas inspiradoras e palestras importantes, reunindo um público de mais de mil pessoas. Realizado pelo Ministério Público do Trabalho, o encontro que se estende até quinta-feira (7) tem sido palco de exposições, conferências, oficinas e apresentações culturais diversas.

Entre as diversas atividades oferecidas, a agenda cultural se destacou com trabalhos artísticos. A oficina de pintura da vaquinha, promovida pelo Instituto de Cultura e Responsabilidade Social (Icores), encantou os participantes com sua criatividade. A atividade reuniu um grupo de 25 crianças e adolescentes da Associação dos Amigos dos Autistas do Estado do Espírito Santo (Amaes) e alunos de altas habilidades da rede pública do município de Vitória para pintar uma escultura de vaquinha com o tema "Reconecta".

Também foram expostas esculturas da Cow Parade, a vaquinha da Inclusão e da acessibilidade. Renata Nunes, artista plástica do Icores, compartilhou a importância da arte na inclusão, afirmando que a mesma tem um papel crucial na integração, estimulando a autoestima e confiança das pessoas com deficiência e representa uma forma lúdica para a conscientização.

Outro momento artístico inclusivo foi a apresentação do coral legal "A Vida Canta", do Centro de Convivência da Pessoa com Deficiência de Vila Velha. Com 27 integrantes com deficiência, o coral emocionou a plateia no auditório. O "Carnaval inclusivo" da escola de samba São Torquato também proporcionou um momento único, apresentando um verdadeiro Carnaval sinalizado em libras.

Conferências

No auditório, temas importantes fizeram parte das conferências. A palestrante Mara Ligia Kiefer, líder de projetos em inclusão de pessoas com deficiência na Somar Diversidade, trouxe à tona os desafios inerentes à Gestão Inclusiva nas empresas. Ela enfatizou a responsabilidade coletiva, destacando a importância do gestor, do profissional de recursos humanos e de todos os envolvidos na transformação necessária para um mercado de trabalho verdadeiramente inclusivo.

Também esteve no palco do auditório Lailah Vasconcelos Vilela, médica e auditora-fiscal do Ministério do Trabalho, que integra o grupo técnico de validação do índice de Funcionalidade Brasileiro Modificado (IFBr-M). O foco de sua palestra recaiu sobre a Avaliação Biopsicossocial e o IFBrM ancorado na Lei Brasileira de Inclusão, em que ela salientou a necessidade de mensurar a deficiência, propondo uma nova abordagem na avaliação e incentivando a disseminação desse novo conceito, ressaltando a importância de sua incorporação. Já a especialista na ciência da felicidade, Flávia da Veiga, fechou o segundo dia de Reconecta enriquecendo o público com dicas valiosas durante sua palestra, intitulada "Felicidade se Aprende".

O Reconecta continua a oferecer uma programação diversificada que promove a inclusão e celebra a diversidade até a quinta-feira (7). Além das conferências e agenda cultural, o evento apresenta a participação de grandes empresas que oferecem vagas de emprego e compartilham boas práticas de inclusão das 14h às 19h.

Publicado em 07/12/2023

Imprimir

  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • meio ambiente
  • trabalho escravo
  • trabalho portuario
  • liberdade sindical
  • promocao igualdade
  • trabalho infantil
  • banner corrupcao
  • banner abnt
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • MPT em Quadrinhos
  • banner pcdlegal
  • Portal de Direitos Coletivos